V Marcha Nacional da Educação

Representantes do Sintego (Sindicato dos Trabalhadores em Educação), Regional de Trindade, juntamente com alunos do Ensino Médio, participaram da V Marcha Nacional da Educação, organizada pela CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação) e demais entidades afiliadas, realizada em Brasília no dia 26 de Outubro de 2011.

A Bandeira

A Marcha teve como bandeira a destinação de 10% do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, para a Educação sendo que, atualmente, o Brasil investe menos de 7%, um dos menores percentuais dentre os grupos de países subdesenvolvidos.

Mr. Mix Notícias

Mr. Mix, maior rede especializada em milk shakes do Brasil, acaba de conquistar sua 31ª loja. A nova unidade está localizada em uma importante rua do centro de Trindade, em Goiás.
O novo franqueado Adalberto Vieira escolheu a Mr. Mix após fazer uma pesquisa no setor de franchising. “A escolha pela marca foi pela inexistência de um modelo de negócio de milk shakes em minha região e também a responsabilidade da rede com seus franqueados”, conta Vieira. O empresário e engenheiro apostando no sucesso da rede e querendo ampliar sua área de atuação, irá inaugurar mais sete unidades da Mr. Mix no estado goiano. “Fiz a aquisição de oito lojas, uma em Trindade, duas em Aparecida de Goiânia e cinco em Goiânia” diz o engenheiro.
A estratégia do franqueado e de seus quatro sócios é “fechar o espaço” do mercado deste segmento em Goiás. Outro ponto, é a aposta nos produtos de qualidade, ofertados a preços acessíveis e aliados a um ambiente personalizado e divertido da rede.

BETESDA – Centro de Recuperação de Dependentes Químicos

O Centro de Recuperação Betesda é uma instituição filantrópica beneficente, evangélica, sem fins lucrativos. Uma das primeiras casas a se instalar no município de Trindade visando a Prevenção, Recuperação e Reintegração à sociedade pessoas dependentes em álcool e outros tipos de drogas psicotrópicas e pessoas com desvios de personalidade, atuando na cidade de Trindade a 7 (sete) anos fruto de um trabalho pioneiro que teve como sigla “CERID”, com experiências de mais 13 anos na área.

Trindade Celebra 91 anos

Nesta quarta-feira (31/08) Trindade completa 91 anos de emancipação política. Confesso que tentei prestar uma homenagem muito especial à minha terra natal, a cidade que, de uma maneira muito específica, participou da minha vida desde a infância e continua presente agora. Contudo, percebi o quanto é difícil homenageá-la, devido a sua significativa representatividade.

É bem verdade que, na tentativa de reconhecer a sua grandeza, muitas idéias povoaram a minha mente. Mas nenhuma foi capaz de retratar com exatidão a minha admiração diante de sua singular importância.

O nome “Trindade” não significa apenas “três santidades”. Trindade tem o seu nome originado num dos maiores mistérios do cristianismo, o que ensina a união de três pessoas distintas numa só natureza – Pai, Filho e Espírito Santo. Isto nos leva a pensar numa cidade unida em torno de um só ideal.

No último censo Trindade contou com mais de cem mil habitantes. Um povo miscigenado, composto de diversas etnias, assim como todos os brasileiros. Uma cidade reconhecida por seus habitantes pelo sincretismo religioso que abriga. A tolerância religiosa é um de seus principais atributos. Sua bandeira traz duas mãos entrelaçadas, representando a concórdia e a fraternidade.

Relembrando um pouquinho da história, antes éramos Distrito de Barro Preto, as funções administrativas ficavam centradas no governo da Província, com sede em Vila Boa de Goiás. Somente em 1910 houve o desmembramento para Campinas, da qual continuamos distrito. Com a emancipação política, ocorrida em 16 de julho de 1920, foi criado o “Conselho Municipal de Trindade”, no dia 31 de agosto de 1920. A Câmara Municipal de Trindade, sob os ditames constitucionais de 1946, só ocorreu em 07 de dezembro de 1947. O primeiro prefeito (1920-1923) foi Anacleto Gonçalves Almeida.

Observando a nossa Trindade no dia em que completa 91 anos, livre das falsas peias das conveniências político-partidárias, posso afirmar sem nenhuma dúvida que há muito que comemorar. Nossa cidade e nossa gente são motivos para a nossa celebração!

Que Deus abençoe a todos os trindadenses!